quinta-feira, 1 de agosto de 2019

Rafael Fernandes: Racha do grupo adiantou a política local




Parecia que tudo estava sob controle na pacata cidade de Rafael Fernandes, até que um racha político entre o Prefeito Bruno e o Presidente da câmara de vereadores adiantou a corrida eleitoral. Com a saída de Jório do grupo e a demissão da secretária de saúde (esposa do mesmo), Bruno corre o risco de disputar as eleições sem apoio da família Nicodemos, sem o verde e sem o partido que tem eleitores fieis e apaixonados. Isso fez com que o Prefeito tivesse um choque de realidade.

Na semana passada 5 (cinco) vereadores anunciaram rompimento político e administrativo com o prefeito. Um baque para qualquer gestor.

Com os rompimentos, o prefeito Bruno Anastácio passa a ter vez uma oposição ativa, vigilante e ferrenha na Câmara Municipal, que agora conta com 8 (oito) vereadores na oposição.

Existe ainda a possibilidade de alguns secretários e coordenadores entregarem suas pastas e cargos nos próximos dias, agravando ainda mais o isolamento do gestor municipal, que deseja tentar a reeleição mesmo diante do desgaste.

Estão rompidos os vereadores: Jório Cezar, Carla Dutra, Robertinho, Rejanio e Marciel. O prefeito passa a contar na Câmara apenas com a vereadora Neuda Lopes.

Em 2020 a cidade de Rafael Fernandes ainda pode ter 4 candidaturas para prefeito. 

A política é um fascinante jogo de xadrez, há um mês atrás Bruno tinha a vitória nas mãos e a garantia da "galinha dos ovos de ouro" por mais 4 anos sem nenhum esforço, foi pego de supresa e agora terá que lutar se quiser pelo menos subir no pódio.


2020 promete!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com responsabilidade, sem direcionar o seu comentário a nenhum membro ou pessoa particular. lembre-se que seu comentário ficará visível e poderá ou não ser respondido por qualquer pessoa.