segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019

Gabriela Hardt rejeita apelo de Eduardo Cunha


Defesa do ex-deputado chegou a pedir busca e apreensão na casa de delator



A juíza Gabriela Hardt negou pedido feito pela defesa do ex-deputado federal Eduardo Cunha para que fosse entregue uma cópia do processo envolvendo o delator Júlio Camargo e a Samsung.

Esse processo tramitou na corte de Londres. Ele diz respeito a uma arbitragem contra a Samsung por falta de pagamento de duas parcelas do contrato entre Camargo e a empresa.

Os advogados de Cunha afirmaram que o documento é importante para a produção da defesa do ex-parlamentar.

Isso porque a Samsung foi responsável pelo fornecimento de navios-sonda que teriam sido parte do esquema de corrupção apontado pela Lava-Jato.

Os advogados chegaram pedir, inclusive, que fosse feita busca e apreensão na casa de Camargo para recolhimento do material.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com responsabilidade, sem direcionar o seu comentário a nenhum membro ou pessoa particular. lembre-se que seu comentário ficará visível e poderá ou não ser respondido por qualquer pessoa.