terça-feira, 19 de fevereiro de 2019

Em entrevista Bebianno acusa Carlos Bolsonaro pela responsabilidade de sua saída do governo


O ex-ministro Gustavo Bebianno participou nesta terça-feira (19) do programa “Os pingos nos is” da rádio Jovem Pan. É a primeira entrevista que ele concede após ser demitido pelo presidente Jair Bolsonaro da Secretaria-Geral da Presidência da República.


Bebianno, entre outras coisas, culpou Carlos Bolsonaro pela sua saída, disse que ele foi responsável por uma “macumba psicológica” na cabeça do pai, Jair.

Gustavo Bebianno também que Jair Bolsonaro continua sendo seu presidente, mas disse que, como qualquer pessoa, o presidente é falível, referindo-se à influência de Carlos Bolsonaro.

“Jair Bolsonaro continua sendo o meu presidente, o presidente de todos nós. Tem o meu respeito, o meu afeto. Tem o meu amor, por que não dizer? Mas como ser humano normal, não é perfeito. As pessoas cometem deslizes aqui e ali, como todos nós. O presidente Jair Bolsonaro não nasceu presidente, ele se fez presidente pelos seus próprios méritos e seu próprio valor. Eu acredito que Jair Bolsonaro seja um dos grandes, senão a maior liderança política que nasceu nos últimos tempos, sem dinheiro, sem fabricação, sem sindicato, sem partido, sem nada, pela sua hombridade, pela correção. Mas como todo ser humano, como eu, como você, ele é falível.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com responsabilidade, sem direcionar o seu comentário a nenhum membro ou pessoa particular. lembre-se que seu comentário ficará visível e poderá ou não ser respondido por qualquer pessoa.