sábado, 22 de dezembro de 2018

PF cumpre mandados de busca em escritório de advogado de Adélio Bispo


A Polícia Federal de Minas Gerais (PF-MG) cumpre, nesta sexta-feira 21, dois mandados judiciais de busca e apreensão em dois imóveis relacionados a Zanone Manuel de Oliveira Júnior, advogado de Adélio Bispo de Oliveira, que confessou ser o autor da facada que atingiu o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) ainda durante a campanha presidencial.

O Objetivo é identificar quem estaria financiando a defesa do autor da faca de Bolsonaro.

Zanone contou que se reuniu com o desconhecido em seu escritório em Belo Horizonte, Minas Gerais, na manhã seguinte ao atentado, em 7 de setembro. Naquele encontro, o advogado disse que cobrava, em média, 150 000 reais em honorários. Mas o contratante achou o valor alto. O criminalista, então, topou dar um desconto de 83% — e receber 25 000 reais até a conclusão da investigação da Polícia Federal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com responsabilidade, sem direcionar o seu comentário a nenhum membro ou pessoa particular. lembre-se que seu comentário ficará visível e poderá ou não ser respondido por qualquer pessoa.