sábado, 15 de dezembro de 2018

Ninguém entendeu explicação de Flavio Bolsonaro sobre assessor

Difícil de engolir



O filho mais velho de Jair Bolsonaro, o deputado estadual, Flávio Bolsonaro, concede entrevista aos jornalistas. (reprodução/Reprodução)

Flávio Bolsonaro contou a um amigo a explicação que ouviu de Fabricio Queiroz para o 1,2 milhão de reais em suas contas. Mesmo com boa vontade, o interlocutor ficou sem entender nada.

- Hoje o Fabrício Queiroz veio conversar comigo. Fui cobrar esclarecimentos dele sobre o que estava acontecendo. Ele me relatou uma história bastante plausível. Me garantiu que não teria nenhuma ilegalidade nas suas movimentações - disse ao sair da casa do presidente eleito, Jair Bolsonaro, no Rio.


Ao ser questionado sobre se Fabrício contou sobre a origem do dinheiro, o senador eleito disse que não pode dar detalhes a pedido do advogado do ex-assessor.

- Eu não posso dizer a pedido do advogado dele. E porque esse será o depoimento dele ao MP, mas eu fiz questão de vir aqui para dar essa palavra. E repito: quem precisa ser convencido não sou eu, é o MP.

E ressaltou que o ex-assessor vai prestar todos esclarecimentos quando for chamado para depor.

De acordo com o Coaf, as transações do ex-assessor do deputado são “incompatíveis com o patrimônio, a atividade econômica ou ocupação profissional e a capacidade financeira” dele. Fabrício foi assessor do gabinete de Flávio Bolsonaro até outubro deste ano, com salário de R$ 8.517. Uma das transações listadas é um cheque de R$ 24 mil destinado à futura primeira-dama, Michelle Bolsonaro, mulher de Jair Bolsonaro.

Em entrevista ao site Antagonista, Jair Bolsonaro disse que o cheque de ex-assessor para Michelle foi pagamento de dívida . Segundo o presidente eleito, o ex-assessor de seu filho mais velho fez dez cheques de R$ 4 mil, porque a dívida é de R$ 40 mil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com responsabilidade, sem direcionar o seu comentário a nenhum membro ou pessoa particular. lembre-se que seu comentário ficará visível e poderá ou não ser respondido por qualquer pessoa.