terça-feira, 4 de dezembro de 2018

Jugamento de Lula adiado

Lula quando foi preso em 7 de abril — Foto: Ricardo Moraes/Reuters
O julgamento na 2ª Turma do STF foi adiado depois que o ministro Gilmar Mendes pediu mais tempo para analisar o caso. Antes do pedido de vista, o relator Edson Fachin e Cármen Lúcia tinham votado contra a soltura do ex-presidente e contra a anulação dos processos relacionados a Lula nos quais Sérgio Moro atuou como juiz federal. A defesa alega 'parcialidade' do ex-juiz da Lava Jato.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com responsabilidade, sem direcionar o seu comentário a nenhum membro ou pessoa particular. lembre-se que seu comentário ficará visível e poderá ou não ser respondido por qualquer pessoa.