sexta-feira, 7 de dezembro de 2018

Bolsonaro adia cirurgia para depois de Davos



Jair Bolsonaro decidiu adiar a cirurgia de retirada da bolsa de colostomia para depois da Fórum Econômico Mundial de Davos.

O presidente eleito avaliou que a viagem será de extrema importância, pois significará a estreia internacional de seu governo – com a presença de Ernesto Araújo, Paulo Guedes e Sergio Moro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com responsabilidade, sem direcionar o seu comentário a nenhum membro ou pessoa particular. lembre-se que seu comentário ficará visível e poderá ou não ser respondido por qualquer pessoa.