terça-feira, 6 de novembro de 2018

Uma rasa análise do senário político vieirense com base nas ultimas eleições

Resultado de imagem para marcelino vieira rn mapa



Uma análise rápida das eleições federais e estaduais mostraram o poder de fogo das lideranças vieirenses, e é incrível como ele ainda é grande. Como sempre, o Círculo de Fogo previu tudo que ia acontecer no nosso micro cenário eleitoral. Acertamos os apoios de todos os lideres e as estratégias de cada um, por qual objetivo cada "lider" escolheria seus apoios e com base nisso, farei algumas prospecções para os duelos municipais.

Antes que se diga o contrário, se as eleições municipais fossem hoje Babau estaria eleito, no entanto, comemorar agora seria muito cedo.

Vamos entender quem é o eleitorado de Marcelino Vieira.

Total de Eleitores: 6.172
Eleitorado Feminino: 3.215 (52,09%)
Eleitorado Masculino: 2.957 (47,91%)

Eleitorado com 16 anos: 19 (0,31%)
Eleitorado com 17 anos: 98 (1,59%)
Eleitorado com 18 anos: 147 (2,38%)
Eleitorado com 19 anos: 120 (1,94%)
Eleitorado com 20 anos:138 (2,24%)
Eleitorado entre 21 e 24 anos: 485 (7,86%)
Eleitorado entre 25 e 29 anos: 672 (10,89%)
Eleitorado entre 30 e 34 anos: 707 (11,45%)
Eleitorado entre 35 e 39 anos: 637 (10,32%)
Eleitorado entre 40 e 44 anos: 490 (7,94%)
Eleitorado entre 45 e 49 anos: 440 (7,13%)
Eleitorado entre 50 e 54 anos: 512 (8,30%)
Eleitorado entre 55 e 59 anos: 452 (7,32%)
Eleitorado entre 60 e 64 anos: 446 (7,23%)
Eleitorado entre 65 e 69 anos: 348 (5,64%)
Eleitorado entre 70 e 74 anos: 238 (3,86%)
Eleitorado entre 75 e 79 anos:146 (2,37%)
Eleitorado entre 80 e 84 anos: 62 (1,00%)
Eleitorado entre 85 e 89 anos: 10 (0,16%)
Eleitorado entre 90 e 94 anos: 5 (0,08%)

Babau mostrou que tem cerca de 1250 eleitores que estarão com ele, para onde for com absoluta certeza. 
Iramar mostrou um número expressivo de votos de liderança. Carlos Eduardo tinha um rejeição sem tamanho no estado e ainda levou de Marcelino Vieira 1080 votos. Claro, ouve eleitores de Babau, com cargos comissionados que se rebelaram contra o prefeito optando por não votar em Fátima Bezerra por ela ser do "PT". Seguidores fieis mesmo do ex prefeito, só restou os 650 e poucos que conseguiu no 1° turno.

Os demais eleitores (mais de 50%) que não possuíam "cabresto" montaram suas próprias chapas, certamente a galera mais jovem de mente aberta e com mais acesso a informação. 

A eleição de 2018 mostrou que as eleições federais e estaduais deixaram de ser termometro para as eleições municipais, hoje são simplesmente especulativas.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com responsabilidade, sem direcionar o seu comentário a nenhum membro ou pessoa particular. lembre-se que seu comentário ficará visível e poderá ou não ser respondido por qualquer pessoa.