segunda-feira, 19 de novembro de 2018

Porte de arma para advogados

Após desenterrar projeto que criminaliza prostituição, o presidente da CCJ da Câmara, Daniel Vilela (MDB-GO), desengavetou outro projeto, que dá a advogados o direito ao porte de arma de fogo para defesa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com responsabilidade, sem direcionar o seu comentário a nenhum membro ou pessoa particular. lembre-se que seu comentário ficará visível e poderá ou não ser respondido por qualquer pessoa.