quinta-feira, 15 de novembro de 2018

Pai mata o próprio filho ao confundi-lo com assaltante na Paraíba



Adilson Azevedo se emociona ao enterrar o filho na Paraíba.

O ex-prefeito Alyson Azevedo da cidade de Baraúna, no Curimataú paraibano, foi morto pelo pai após ser confundido com um assaltante, na noite desta segunda-feira (12). De acordo com a Polícia Civil, a vítima foi chamada por vizinhos porque havia uma suspeita de incêndio na casa do pai dele e ninguém conseguia acordá-lo.

Alyson tinha 37 anos e tentou arrombar a porta da casa do pai, Adilson Azevedo, que também foi prefeito daquela cidade. Nesse momento, o pai atirou de dentro da casa contra o filho achando que se tratava de um assalto. Alyson Azevedo foi baleado no peito, e levado em seguida para o Hospital de Picuí, mas não resistiu e morreu.

A fumaça que chamou a atenção dos vizinhos se tratava de uma panela esquecida no fogão.

Alyson Azevedo foi prefeito de Baraúna, pelo PMDB, entre 2009 e 2012, já o seu pai, Adilson Azevedo, administrou a mesma cidade pelo PMDB, entre 2001 e 2004.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com responsabilidade, sem direcionar o seu comentário a nenhum membro ou pessoa particular. lembre-se que seu comentário ficará visível e poderá ou não ser respondido por qualquer pessoa.