domingo, 2 de setembro de 2018

Marcelino Zueira: Quem vai se opor a URSAL vieirense?


Reunido ontem com meu conterraneo A1 (lê-se Aum) no bar de ricardo, chegamos a conclusão que poderíamos formar a nossa própria URSAL, unindo os bairros vieirenses e transformar Marcelino Vieira em uma grande nação independente.

Teríamos de cara nosso próprio ex-presidente condenado (MAMAR), nossos próprios escanda-los internos, poderíamos ser uma nação independente, sustentável e autossuficiente inclusive na corrupção.

Mesmo sem um serviço de informação oficial teríamos as redes de fofoca das calçadinhas e o serviço de espionagem da senhorinhas que ficam espiando tudo que acontece pelas frestas das portas venezianas de suas residências.

Em caso de tentativa de invasão pelas nossas fronteiras, contaríamos com os guardas noturno, que barraria qualquer ataque acionando o apito de suas hondas pop 100 e colando um adesivo nos tanques dos inimigos, ainda bateriam na porta dos invasores de manhã cobrando os R$ 10,00 do serviço.

A única dificuldade seria unir o bairro beira rio com o centro e o conjunto Edilton Fernandes, mas nada que uma boa conversa diplomática e uma latinha de ypioca com espeto no Bar do Ricardo não resolva.

A URSAL vieirense seria um sucesso e nem cabo Daciolo ousaria impedir sua criação.
_______________________________________________
A coluna Marcelino Zueira é uma parceria do blog círculodefogo.blog.br com a página Marcelino Zueira







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com responsabilidade, sem direcionar o seu comentário a nenhum membro ou pessoa particular. lembre-se que seu comentário ficará visível e poderá ou não ser respondido por qualquer pessoa.