terça-feira, 27 de dezembro de 2011

DENÚNCIA: O povo pediu e o círculo de fogo voltou ao Lixão

A questão do lixo é uma das mais importantes para a sociedade atual. O lixo pode muitas vezes conter materiais perigosos, que oferecem sérios riscos à saúde humana e ao meio ambiente. Aquele lixo depositado em lixões a céu aberto ou em terrenos baldios atrai ratos, baratas, moscas, mosquitos, formigas e escorpiões, entre outros, podendo transmitir doenças como diarréias infecciosas, parasitoses, amebíase etc. Pode ainda permitir o desenvolvimento de larvas de mosquitos vetores de doenças como a dengue. Além disso, quando os lixões estão localizados próximos a cidades ou rios podem ocorrer conseqüências desastrosas para a saúde da população.
Problemas como esse exige soluções rápidas e eficazes. Porém são poucas as cidades no Brasil que dão um destino correto ao lixo e esgoto. E Marcelino Vieira não está entre elas.
Na Última semana a equipe do circulodefogo.net se aventurou numa pequena viagem para registrar o problema do lixo na cidade. É possível notar algo errado logo no transporte desse matérial, o “caminhão” de coleta: sua carroceria é “esculhambada” e as grades são baixas. A viagem do caminhão até seu destino final é marcada por lixo que vai caindo na rua.
No meio de nossa aventura, paramos numa ponte a mais ou menos 300 metros da prefeitura, onde há um mini-lixão e um esgoto a céu aberto em frente a uma placa do IDEMA, não sabemos quem joga estes lixos neste local, mas acreditamos que seja a própria população que mora ao redor do local (ponte, que liga a cidade aos sítios Panatis,Juazeiro,etc.). No entanto, fotografamos e fizemos essa reportagem.
As condições no lixão são degradantes. O risco de doenças é grave, pessoas passam por ali a todo o momento há restos do lixo do matadouro misturado a lixo comum e o pior fica nas margens de um rio, rio este que cerca a cidade de Marcelino Vieira. A coleta seletiva, reciclagem era um caso a ser pensado... Eu acredito que muita gente pensa, mas só pensa, aquele lixo é queimado ao invés de ser reciclado.Mas para isso falta ação, especialmente por parte da prefeitura, a única capaz de mobilizar a cidade em torno de um projeto tão necessário.

No início deste ano a nossa equipe foi à primeira vez em um lixão (em outro), ficamos abismados com o que vimos... Além de muito lixo hospitalar misturado com o domestico havia catadores no local, pondo suas vidas em risco.














Todos os direitos do blog www.circulodefogo.net se copiar favor citar a fonte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com responsabilidade, sem direcionar o seu comentário a nenhum membro ou pessoa particular. lembre-se que seu comentário ficará visível e poderá ou não ser respondido por qualquer pessoa.