quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Rio Grande do Norte deve receber mais 14 parques eólicos

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) deverá investir R$ 839 milhões para a instalação de 14 novos parques eólicos no Estado do Rio Grande do Norte. A informação foi dada ontem (23) pelo vice-presidente do banco, João Carlos Ferraz, durante entrevista coletiva realizada no Rio de Janeiro. Em 2010, o BNDES liberou R$ 805 milhões em financiamentos para o Estado.

O dinheiro será direcionado para os dois grupos de investidores vencedores do último leilão de energia eólica e será utilizado para a compra de equipamentos nacionais entre aerogerados e torres. O maior investimento é voltado para dez parques que serão implantados pelo grupo Soares Penido nos municípios de Pedra Grande e São Miguel do Gostoso, com investimento total de R$ 754,6 milhões, dos quais 73,8% (R$ 557,1 milhões) financiados pelo banco. O banco também irá financiar a instalação do sistema de transmissão de energia. Esses parques gerarão 169,6 MW de potência instalada.
Outro município beneficiado pela eólica será São Bento do Norte, que receberá quatro parques do grupo Galvão Energia. O investimento será de R$ 401,4 milhões para a geração de 94 MW, sendo que o banco financiará R$ 282 milhões, o que representa 70,7% do montante.

Informações: piniweb.com.br e http://www.circulodefogo.net

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com responsabilidade, sem direcionar o seu comentário a nenhum membro ou pessoa particular. lembre-se que seu comentário ficará visível e poderá ou não ser respondido por qualquer pessoa.