sábado, 26 de novembro de 2011

Governo privatiza aeroporto do RN

O contrato de concessão do Aeroporto São Gonçalo do Amarante, no Rio Grande do Norte, o primeiro aeroporto federal concedido à iniciativa privada, será assinado na próxima segunda-feira (28) pelo governo federal e o Consórcio Inframérica, que venceu a licitação realizada em agosto para construção parcial, manutenção e exploração do terminal.
O grupo é formado pela empresa Argentina Corporación América e pelo Grupo Engevix, controlado pela Jackson Empreendimentos e composto por mais quatro empresas. O consórcio terá até três anos para construir os terminais e um prazo de mais 25 anos para exploração. O contrato de concessão poderá ser renovado por, no máximo, mais cinco anos, quando o aeroporto retornará ao Poder Público.
A estimativa da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) é de que sejam investidos R$ 650 milhões na construção e na operação dos terminais. O Aeroporto São Gonçalo do Amarante deve substituir o atual Aeroporto Internacional Augusto Severo de Natal (RN) e poderá ficar pronto para a Copa de 2014. A previsão é de que o terminal tenha movimento de 3 milhões de passageiros em 2014, devendo aumentar para 4,7 milhões, em 2020, e 7,9 milhões, em 2030.
A cerimônia de assinatura do contrato de concessão deverá ter a participação da presidente da República, Dilma Rousseff, do ministro da Aviação Civil, Wagner Bittencourt, do diretor-presidente da Anac, Marcelo Guaranys, da governadora do estado, Rosalba Ciarlini, e de representantes do consórcio.

Release enviado para circulodfogo@bol.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com responsabilidade, sem direcionar o seu comentário a nenhum membro ou pessoa particular. lembre-se que seu comentário ficará visível e poderá ou não ser respondido por qualquer pessoa.